Helio Godoy homenageia estudantes e professores da FACENS por participação em projeto da NASA

Sete alunos e dois professores dos cursos de Engenharia da Computação e de Tecnologia em Jogos Digitais foram homenageados. "Esta nossa iniciativa, apoiada pelos demais colegas vereadores, representando a sociedade sorocabana, é um justo reconhecimento à excelência do trabalho e ao destaque que vocês proporcionaram à cidade",  disse Helio Godoy. SAMSUNG CAMERA PICTURES

A FACENS foi a única instituição da América Latina a participar do Nasa Modeling & Simulation, uma iniciativa global do órgão espacial americano com o objetivo de desenvolver um projeto de Modelagem e Simulação de um Módulo Lunar. A faculdade ganhou medalha e os estudantes receberam certificados durante Congresso realizado na Califórnia com os participantes dos quatro continentes que atuaram em colaboração com a Nasa. Os professores André Breda Carneiro e Andréa Lucia Braga Vieira Rodrigues tiveram apenas quinze dias para escolher o grupo. O convite veio em novembro e o trabalho teve de ficar pronto em março. Segundo os professores, os organizadores pensavam que o grupo da FACENS participaria apenas como observador e ficaram ainda mais surpresos ao saber que os alunos são dos cursos de graduação e não de pós, como os demais participantes, que também tiveram mais tempo para preparar o trabalho, desenvolvido por todos em cooperação.

SAMSUNG CAMERA PICTURESAlém dos dois professores, participaram do projeto e foram homenageados os alunos Caio Guilherme Pereira dos Santos e Nicolas de Castro Silva, ambos do terceiro semestre do Curso de Tecnologia em Jogos Digitais, e cinco colegas do Curso de Engenharia da Computação:  Daniel Braga Vieira Rodrigues (3° semestre), Eric Saboia (5° semestre) e, do nono semestre, Guilherme Antunes Romani, Lucas Alessandro de Oliveira e Victor Augusto Valério de Carvalho.

Ao destacar a importância do trabalho do grupo da FACENS para a imagem de Sorocaba, Helio Godoy disse que a tendência é que a tecnologia se torne também, e cada vez mais, uma aliada da Administração Pública. "No curso de gestão e planejamento e cidades que fazemos na Politécnica (USP), estamos estudando as chamadas smart cities  (cidades inteligentes) que se valem da tecnologia para ampliar, agilizar  e melhorar a qualidade dos serviços públicos, como já ocorre em Porto Alegre, considerada a cidade do Brasil mais avançada no uso dessas ferramentas."

Membro da Comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara, Godoy foi convidado pela professora Andrea e em breve deverá visitar a FACENS para conhecer os laboratórios e projetos já em desenvolvimento na Instituição e trocar experiências e ideias sobre  outras ferramentas e inovações que podem ser utilizadas pelo Poder Público. "Como sede de região metropolitana, com indústrias de ponta em quase todos os segmentos, Parque Tecnológico e instituições de ensino e pesquisa de alta qualidade, Sorocaba tem todas as condições para desenvolver e incorporar muitas inovações na gestão pública. Com uma rede de fibra ótica ligando os órgãos públicos, é possível ampliar os serviços digitais e implementar outras ferramentas e facilidades, como o cartão do cidadão; prontuário médico eletrônico, agenda de consultas on line e controle de medicamentos, por exemplo. Na educação, sistema de ensino e controle de acesso, frequência e desempenho escolar; no SAAE e URBES, identificação de anomalias nas redes de água e esgoto, monitoramento e controle do trânsito e do transporte coletivo. São inúmeras as possibilidades e facilidades proporcionadas pela tecnologia para fazer frente às crescentes necessidades da população. Mas é preciso determinação, trabalho e planejamento", conclui.